A importância de uma Alimentação saudável no contexto escolar

Uma alimentação equilibrada está diretamente relacionada a um bom desempenho da memória, pois uma alimentação adequada contribui para uma melhor oxigenação cerebral.

Alimentos como sementes de girassol, gérmen de trigo contém vitamina B1 e são recomendáveis para concentração ou para o rendimento intelectual, pois é importante para a memória. O uso abusivo indiscriminado de alimentos que contêm grande quantidade de açúcar e certos aditivos químicos como os corantes contribuem para que as crianças sejam nervosas, irritadiças, ou seja, altera de forma expressiva o comportamento e, consequentemente, a aprendizagem. A quantidade de alimentos a serem ingeridos também deve ser equilibrada, sendo que comer bem não é comer em excesso, pois para regenerar e revigorar a condição mental é importante e necessário adquirir um estilo de vida saudável que inclui: relaxamento, meditação, exercícios e bom sono.

Muitos estudantes desenvolvem stress e ansiedade devido à rotina de provas e trabalhos extracurriculares associados a frequentes atividades desportivas, portanto, necessitam de uma preparação física e alimentar. Esses fatores interferem no apetite, diminuindo a vontade de se alimentar corretamente e induzindo a ingerirem certos alimentos gordurosos como chocolates. Tudo isso causa um transtorno no sistema imunológico aumentando o nível de toxinas podendo surgir mal-estar. Nos períodos e nos dias que antecedem as provas, é importante escolher alimentos saudáveis que possam repor as energias, vitaminas e minerais. Respeitar os intervalos das refeições e evitar jejuns é fundamental para que o sucesso na aprendizagem seja constante.

 

Eva Gaspar

 

PARTILHAR:

Leave a Comment