Inteligência Emocional

 “Educar a mente sem educar o coração não é educação” - Aristóteles

 

Inteligência emocional é um conceito em psicologia que descreve a capacidade de reconhecer e avaliar os seus próprios sentimentos e os dos outros, assim como a capacidade de lidar com eles.

Esta é uma competência muito importante que deve ser trabalhada o mais cedo possível para que os jovens possam desenvolver o seu autoconhecimento de forma a melhorar o seu desempenho escolar e convivência social.

Saber lidar com as emoções é fundamental, para que se possa controlar comportamentos e fomentar atitudes positivas.

O desenvolvimento da inteligência emocional deve ser incentivado pelas famílias e pela escola. Assim como é importante aprender conteúdos intelectuais, as caraterísticas e habilidades emocionais também devem ser trabalhadas.

 

Tais como:

-Autoconfiança

Tomar consciência dos seus pontos fortes e pontos de melhoria.

 

-Automotivação

Resiliência, perseverança e iniciativa, saber colocar os sentimentos ao serviço das suas metas pessoais.

 

- Empatia

Reconhecimento das emoções nas outras pessoas.

 

- Relacionamento interpessoal

Saber se relacionar interpessoalmente, criando um ambiente positivo.

 

- Gestão de conflitos

Saber lidar com situações adversas.

 

Daniel Goleman, descreve a inteligência emocional como a capacidade de uma pessoa em gerir os seus sentimentos, de modo a que eles sejam expressos de maneira apropriada e eficaz. O desenvolvimento e controle das emoções é essencial para o desenvolvimento intelectual dos indivíduos.

 

Anabela Martins

PARTILHAR:

Leave a Comment